🐪 Venha conhecer Marrocos « Viagem de grupo 7 dias por 430 Euros » Marrakech até Deserto do Saara 🐪

Visitar Londres: Monumentos e Guardas da Rainha

João Leitão
Actualizado em 28 Junho, 2018
MONUMENTOS EM LONDRES

MONUMENTOS EM LONDRES

Quer visitar Londres?

Há muito – mesmo muito – para ver e fazer em Londres – a famosa LONDON. A não ser que tire umas férias mais prolongadas, vai ser difícil fazer tudo, mas vou ajudá-lo a aproveitar ao máximo esta cidade em função da sua disponibilidade.

Vídeo do Turismo de Londres (London Tourism)

Monumentos mais conhecidos de Londres

MONUMENTOS EM LONDRES

MONUMENTOS EM LONDRES

Não perca ainda os principais monumentos e marcos históricos em Londres. Há mesmo muitos locais para visitar Londres. Quando você chegar lá vai aperceber-se do tamanho da cidade. Para já, fica uma lista dos monumentos mais famosos para visitar Londres.

DICA IMPORTANTE: Compre o London Pass para ter descontos em monumentos, museus, utilização gratuita da rede de transportes públicos e evitar longas filas para comprar bilhetes – compre o London Pass aqui.

1- Torre de Londres

Entrada da Torre de Londres com o arranha-céus 30 St Mary Axe no fundo

Entrada da Torre de Londres com o arranha-céus 30 St Mary Axe no fundo

Situada nas margens do Tamisa, a Torre de Londres, ou simplesmente The Tower, começou a ser construída em 1078 por Guilherme, o Conquistador. Nos dias actuais guarda a colecção de jóias da coroa britânica, uma colecção de valor incalculável, não só pelo seu valor material mas também histórico e, ainda – desconhecido por uma grande parte dos visitantes – uma colónia de seis corvos protegida por decreto real e que, segundo a crença popular, protegem a Torre e a Coroa Britânia.

“If the Tower of London ravens are lost or fly away, the Crown will fall and Britain with it” – “Se os corvos da Torre de Londres forem perdidos ou voarem embora, a Coroa cairá e a Bretanha com ela”, diz a superstição popular, tal é a importância destes animais para os britânicos.

» Não perca tempo na fila dos bilhetes para a Torre de Londres, organize a sua viagem com antecedência e compre o seu bilhete aqui.

2- Tower Bridge

Tower Bridge é a ponte mais famosa da cidade de Londres

Tower Bridge é a ponte mais famosa da cidade de Londres

A Tower Bridge, uma ponte báscula sobre o rio Tamisa, está localizada junto à Torre de Londres e é um dos edifícios mais emblemáticos da cidade. Tem, ainda hoje, uma grande importância para o trânsito Londrino, integrando uma circular interna de Londres. A sua construção iniciou-se em 1886 e foi aberta ao público em 30 de Junho de 1894. Tem 244 metros de comprimento, uma altura máxima de 42 metros e é atravessada por mais de 100 mil veículos por dia.

» Não perca tempo na fila dos bilhetes para a Exposição da Tower Bridge, organize a sua viagem com antecedência e compre o seu bilhete aqui.

3- Palácio de Westminster e o Big Ben

Vista do Rio Tamisa e do Palácio de Westminster

Vista do Rio Tamisa e do Palácio de Westminster

O Palácio de Westminster, também conhecido como Casas do Parlamento, ou apenas de Westminster, é onde as duas Câmaras do Parlamento do Reino Unido (a Câmara dos Lordes e a Câmara dos Comuns) realizam as suas sessões. É o lugar onde as leis que regem a vida britânica são debatidas e aprovadas. A sua estrutura actual data maioritariamente do século XIX, mas possui alguns remanescentes do seu período medieval.

Apesar de muitas pessoas julgarem que o “Big Ben” se refere à Torre do Relógio do Palácio de Westminster, O Big Ben é, na verdade, o sino que está instalado nesta torre e que deve o seu nome a Sir Benjamin Hall, ministro das obras públicas responsável pela instalação do sino em 1859 e que era apelidado de “Big Ben” por ser um homem volumoso. Já a torre em si era, até 2012, conhecida simplesmente como Clock Tower. Em 2012, para celebrar o jubileu de 60 anos de coroação da Rainha Isabel II, passou a ser oficialmente conhecida como Elizabeth Tower.

4- British Museum

Entrada do Museu Britânico (British Museum), fundado em 1753, foi o primeiro museu nacional público do mundo

Entrada do Museu Britânico (British Museum), fundado em 1753, foi o primeiro museu nacional público do mundo

Observar peças históricas como a Pedra de Roseta, coberta com hieróglifos (um tipo de escrita) egípcios e que foi crucial para a compreensão de períodos antigos da cultura deste povo.

5- Palácio de Buckingham

Palácio de Buckingham e estátua do Memorial da Rainha Vitória (Victoria Memorial) em Londres

Palácio de Buckingham e estátua do Memorial da Rainha Vitória (Victoria Memorial) em Londres

Localizado em Westminster, é a casa oficial Família Real da Inglaterra e Reino Unido. É palco para muitas cerimónias de Estado e celebrações ligadas à Coroa britânica. É no lado nascente do Palácio de Buckingham que se situa a icónica varanda de onde a Família Real saúda frequentemente os súbditos britânicos.

O palácio está aberto ao público no Verão, este ano (2015) entre 1 de Agosto e 27 de Setembro. Se pretender visitar o palácio reserve os seus bilhetes com antecedência, uma vez que tendem a esgotar muito depressa.

» Não perca tempo na fila dos bilhetes para o Palácio de Buckingham, organize a sua viagem com antecedência e compre o seu bilhete aqui.

6- Catedral de São Paulo

Catedral de São Paulo em Londres

Catedral de São Paulo em Londres

Ao visitar Londres não pode perder a magnífica Catedral de São Paulo. A cúpula da catedral é a segunda maior do mundo, depois da de São Pedro, em Roma. A primeira catedral foi construída em 604 dC mas foi destruída num incêndio em 675. A catedral foi então reconstruída e novamente incendiada no Grande Incêndio de Londres, em 1667.

» Não perca tempo na fila dos bilhetes para o Palácio de Buckingham, organize a sua viagem com antecedência e compre o seu bilhete aqui.

Mapa de Monumentos de Londres

São muitos os monumentos em Londres. Definir prioridades para conseguir visitar os melhores locais é fundamental. Estude este mapa de monumentos e melhores destinos para visitar em Londres, e aprenda um pouco da geografia da cidade. Clique no mapa para aumentar e explorar melhor.

Mapa os monumentos em Londres

Os guardas da rainha

Guarda Real montanha num show na Horse Guards Parade em Londres

Guarda Real montanha num show na Horse Guards Parade em Londres

Conhece aqueles guardas de casaco vermelho e chapéu preto alto, com pelo? São os guardas da rainha e estão divididos em soldados de infantaria e de cavalaria, os que pode ver montados a cavalo. São eles que guardam as casas (ou melhor, palácios!) da rainha – ou as chamadas residências oficiais da realeza. Mesmo com o passar dos anos mantêm os rituais da troca de guarda e usam os mesmos uniformes, mantendo a tradição britânica desde 1660.
 
Têm um inconfundível chapéu preto, muito alto, que se chama de bearskin. À vestimenta acrescentam calças pretas, casaco vermelho e umas luvas brancas, que lhe dão um aspecto muito clean.
 
Os soldados que fazem a guarda da rainha podem dividir-se em dois: Queen’s Guard e os Queen’s Life Guard. Os Queen’s Guard fazem a segurança dos Palácio de St James, Buckingham, Windsor e Torre de Londres.

São precisamente os Queen’s Guard e os Queen’s Life Guard que protagonizam o momento de troca de guarda no Palácio de Buckingham, que é uma das maiores atracções turísticas de Londres. Acontece na entrada oficial do palácio Buckingham.
 
Os Old Queen’s Guards, a pé, entregam as chaves do palácio aos New Queen’s Guard, enquanto fazem uma volta bem coordenada e coreografada. Costuma acontecer por volta das 11h30 (vá mais cedo para não perder nada – às vezes podem começar uns minutos mais cedo), de Maio a Julho, e nos outros meses em dia sim dia não. Ao domingo é às 10h.

Guarda real inglês em Londres

Guarda real inglês em Londres

 
Os soldados saem do palácio de St James, desfilando no Mall, (avenida que separa os dois palácios e onde estão hasteadas bandeiras do Reino Unido) em direcção ao palácio de Buckingham. Uns saem, são substituídos, e outros entram. Isto com música a acompanhar todo um processo coordenado e coreografado. É bonito de se ver! Pelo menos uma vez na vida!
 
A música não tem de ser necessariamente associada a marchas militares, pelo contrário. Pode ser relativa a sucessos dos Beatles ou a musicais conhecidos e que estejam em cena nos teatros londrinos. Por isso, este render da guarda – que dura mais ou menos meia hora – é tudo menos monótono.
 
Pode assistir a várias trocas de guarda: A do palácio de Buckingham, a de Horse Guards Arch e a do Castelo de Windsor. Esta última começa às 10h40 (de segunda a sábado de Abril a fim de Julho; e em dias alternados durante o resto do ano), com desfile de soldados a pé e música a acompanhar.

A troca de guardas na Horse Guards Arch é menos conhecida mas também acontece diariamente, às 11h e às 10h ao domingo, e dura cerca de meia hora. Normalmente conta com soldados da cavalaria passando o arco. Quando está a chover muito não se faz o render da guarda com cavalos.

Horse Guards Parade com cavalos em Londres

Horse Guards Parade com cavalos em Londres

 
Uma vez que os horários do render da guarda estão sujeitos à agenda do exército, o melhor é verificar nos sites dos locais se se mantêm os horários habituais ou se foram alterados. Senão arrisca-se a estar à espera do render da guarda e nada vai acontecer, perdendo o seu precioso tempo.
 
No palácio de Buckingham é fácil saber quando a rainha está ou não. Se a monarca estiver em “casa” estarão quatro guardas junto às portas do edifício. Se ela não estiver, são colocados apenas dois guardas. Existe render de guarda em vários outros edifícios históricos, mas não são tão icónicos como os dos palácios de Buckingham e Windsor.

Kit de Viagem

« Onde reservo alojamento? Encontre os melhores hotéis e promoções através do Booking.com »
« Rent-a-car? Eu reservo sempre o meu carro online através do Rentalcars.com »
« Quer estar prevenido? Faça o seu seguro de viagem através do Worldnomads.com »
« Junte-se a um grupo! 7 dias em Marrocos 430 euros desde Marraquexe até ao Deserto do Saara através do Marrocos.com »
« Comprar bilhetes de monumentos e saltar as filas? Organize a sua viagem com antecedência através do Ticketbar.eu »
« Quer viajar e ter sempre Internet? Faça como eu e compre o aparelho da SkyRoam.com »

O autor do blog

VIVA! Sou o João Leitão. Viajante independente desde 1999, explorei mais de 130 países em África, Antártica, Ásia, Europa, América do Norte e Central, América do Sul e Oceânia. Bem-vindo ao meu blog de viagens, onde partilho dicas práticas de viagem para o motivar a sair de casa! Siga nas redes sociais: Facebook, Twitter, Instagram, Pinterest e YouTube.

« Seguir no Instagram »