Viajar na Albânia • Guia de Viagem

MAPA ALBANIA

República da Albânia

  • Capital: Tirana
  • Língua oficial: Albanês
  • Presidente: Ilir Meta
  • População 2006: 2.986.952 habitantes
  • Moeda: Lek
  • Área Total: 28748 km²
  • Fuso horário: UTC+1
  • Código telefónico internacional: +355
  • Clima: Continental, montanhoso.
  • Visto: Para nacionais portugueses não é preciso visto. É necessário passaporte.
  • Fronteiras: Norte com o Montenegro, a nordeste com o Kosovo, a leste com a Macedónia, a leste e a sul com a Grécia e a oeste com o Mar Adriático.
Viajar na Albânia • Guia de Viagem 1

Locais a não perder: Fortaleza de Skanderbeg em Kruja, Tirana, Shkodra, Durresi, Ruínas em Butrint e a Mesquita Muradi em Vlora.


7 coisas que gostei na Albânia


  • A simplicidade e simpatia das pessoas
  • As lindas paisagens de montanha no norte do país
  • Ter viajado numa das regiões mais afastadas de centros urbanos
  • País muito barato em comparação ao resto da Europa
  • As cidades históricas de Berat e Girokaster
  • As praias da Riviera Albanesa
  • Se procura visitar um dos países mais desconhecidos do continente europeu então a Albânia é a escolha certa que se pode fazer durante uma viagem aos Balcãs, e aproveitar para conhecer Montenegro, o Kosovo, a Macedónia e a Grécia por exemplo.

Fazia anos que queria visitar a Albânia, mas foi sempre ficando sempre para trás durante todas as vezes que estive na região.

No Verão de 2003 fui mesmo até à fronteira perto da cidade de Ohrid na Macedónia para passar para o outro lado. Acabei por não o fazer.

Visitei a Albânia pela primeira vez em Agosto de 2008 durante o rali Caucasian Challenge, numa aventura que atravessei a parte mais interior e menos desenvolvida do país, cruzando montanhas e estradas off-road.

Para mim a ideia que tenho da Albânia depois de ter visitado é de um país com gente simpática, gente essa que se sente esquecida pelo resto da Europa.

O país só recentemente se abriu mais e também só agora mais turistas começaram a incluir a Albânia nos destinos para viajar.

Em 2017, passei duas semanas a visitar o país, e além de ter ficado uns dias a aproveitar as belas praias de Ksamil, visitei ainda as cidades de Berat e Girokaster, Saranda e as ruínas de Butrint. Cheguei à Albânia vindo de Atenas de autocarro.


Quando viajar na Albânia


Para saber quando ir de férias na Albânia você precisa de se informar um pouco melhor acerca das suas estações e melhor clima. A melhor altura para visitar a Albânia é entre os meses de Maio e Setembro.

O clima da Albânia é mediterrâneo ao longo da costa, representado por Verões quentes e secos e Invernos amenos e um pouco chuvosos, embora no interior, o seu clima seja classificado como continental. Nas montanhas mais altas, a chuva é imensa. As temperaturas na costa, variam entre os 10º C e os 25º C, nas planícies entre os 7º C e os 24º C, enquanto que nas montanhas, poderá ir dos -2º C até aos 19º C.


História da Albânia


Vista panorâmica do dentro histórico de Girokaster na Albânia
Vista panorâmica do dentro histórico de Girokaster na Albânia


A história da Albânia tem início no antigo Reino da Ilíria, o qual é conquistado pelos Romanos, cerca de 168 a.C.. Esteve sob o domínio bizantino desde 395 até 1347, quando cai, subjugando-se ao poder do Império Turco-Otomano, que tem como objectivo inicial a conversão do povo ao islamismo, tal como trazer ao de cima o sentimento nacionalista, bastante repressor. A Albânia sempre foi palco de imensas invasões de outros povos e muitos conflitos territoriais, tendo sido sempre governada por povos não nativos. Lutou pela sua independência em 1912, na Primeira Guerra dos Balcãs, permanecendo livre até durante a Primeira Grande Guerra. Mussolini anexa este país à Itália (1939), mas na Segunda Guerra Mundial os alemães entraram no território a fim de o ocupar. Foi com a Frente de Libertação Nacional que se conseguiu expulsar os alemães. Os EUA aproximam-se na tentativa de comunicarem com o regime comunista aqui vigente, embora tivesse sido a China que determinou esta aliança.


Geografia da Albânia


Casa nas montanhas - Viajar na Albânia
Casa nas montanhas – Viajar na Albânia

A geografia da Albânia conta com a área territorial de 28 748 Km2, sendo que conta com cerca de 1 350 Km2 de área marítima. Fica situada na Península Balcânica, a qual se encontra na costa ocidental, no Mar Adriático. Este país faz fronteira a Norte com o Montenegro, a Nordeste com o Kosovo e com a Sérvia, a Leste com a Macedónia, a Sudeste com a Grécia, sendo banhada a Oeste, pelo Mar Adriático. O cenário paisagístico aqui presente, é composto principalmente por cadeias montanhosas, onde o ponto mais alto se encontra no Monte Korab, com 2753 metros de altitude, onde é comum existir muita neve. É também representado por uma planície costeira, com uma temperatura amena. A Albânia, já foi bastante florestada, mas actualmente, existe apenas uma pequena percentagem do que existia, devido à exploração madeireira. A vegetação mais proeminente é composta por carvalhos, pinheiros e faias.


Cultura da Albânia


Visitar a Albania
Visitar a Albania


A cultura da Albânia é representada por cerca de três milhões de albaneses, povo que constantemente tem vivido tempos rigorosos, que devido às guerras, conflitos territoriais e políticas pouco sociais, passaram pela pobreza extrema. Os albaneses que conseguiram, emigraram, participando nas grandes vagas de emigração para países como a Sérvia, Grécia, Itália, EUA e Suiça. No entanto, os albaneses também convivem com outras nacionalidades no seu país, nomeadamente com gregos, vlachs, macedónios e ciganos, participando nas estatísticas que ditam a Albânia como um dos país mais populados da Europa. A maioridade das pessoas, escolheram as cidades para viver, e mesmo com uma grande pobreza presente, mesmo que o edifício onde vivem se encontre descuidado, existe um grande contraste no interior das casas albanesas, onde tudo está muito organizado e limpo. É possível distinguir através dos trajes as pessoas do Norte do pais, conhecidas como Ghegs e as do Sul, como Tosk.


Turismo na Albânia



Roteiros na Albânia


11 Dias: Riviera & Praias
Dia 1: Aeroporto de Tirana
Dia 2: Tirana – Kruja – Durres
Dia 3: Durres – Vlora
Dia 4: Vlora – Dhermi
Dia 5: Dia livre na Praia de Dhermi
Dia 6: Dhermi – Himara – Saranda
Dia 7: Dia livre na Praia de Saranda
Dia 8: Saranda – Butrint – Saranda
Dia 9: Dia livre na Praia de Saranda
Dia 10: Saranda – Gjirokastra – Tirana
Dia 11: Retorno Aeroporto de Tirana
7 Dias: Itinerário Clássico
Dia 1: Aeroporto de Tirana – Durres
Dia 2: Durres – Apolonia – Vlora
Dia 3: Vlora – Himara – Saranda
Dia 4: Saranda – Butrint – Ksamil – Saranda
Dia 5: Saranda – Gjirokastra- Berat
Dia 6: Berat – Tirana
Dia 7: Tirana – Kruja
7 Dias: Itinerário Clássico
Dia 1: Aeroporto de Tirana
Dia 2: Tirana – Apolonia – Vlora Saranda
Dia 3: Saranda – Butrint – Ksamil – Saranda
Dia 4: Saranda – Gjirokastra
Dia 5: Gjirokaster – Bylis – Berat
Dia 6: Berat – Durres – Kruja
Dia 7: Retorno Aeroporto de Tirana

João Leitão VIAGENS no Instagram

Instagram Joao Leitao