Mistérios e Locais Escondidos na Islândia

Islândia é um país cheio de mistério e locais escondidos com enorme interesse. O país tem muitos poucos habitantes, e é assim mais rural que urbano. É fascinante explorar a Islândia e descobrir locais escondidos que vão construindo assim a magia de viajar.

Nesta página vou dar a conhecer os locais que fui descobrindo quando viajei na Islândia em 2008, numa viagem em que aluguei um carro em Reykjavik e aproveitei para dar a volta 360º à ilha, o que me possibilitou de conhecer e ter uma visão geral do país de uma ponta à outra. Nesta página tem uma série de fotografias, um pouco de informação de cada local e ainda no fim da página um mapa satélite com as localizações exactas dos sítios. A ordem dos locais nesta página é pela ordem que fui visitanto.

Laugarbrekka

Laugarbrekka Islândia Laugarbrekka Islândia Laugarbrekka Islândia

Laugarbrekka é o memorial a Guðríður Þorbjarnardóttir, a primeira mulher europeia a dar à luz em território da América do Norte. Este local perdido no meio de paisagens incríveis, tem um pequeno recinto de casas de pedra em ruína e uma escultura da artista Ásmundur Sveinsson. Paisagens fascinantes para as falésias da ilha a darem para o mar.

A história conta que por volta do ano 1000 d.C., Laugarbrekka seria uma quinta onde Guðríður Þorbjarnardóttir nasceu antes de partir para Vinland (América) com o seu marido Þorfinnur . Até 1881 havia no local uma pequena igreja e assembleia que ainda podem ser vistos alguns restos dos edifícios em ruínas. Laugarbrekka é ainda local do nascimento do herói mítico chamado Bárður Snæfellsás.

Este local tem de um lado a montanha glaciar Snæfellsnes que sobe aos 1446 e do outro lado as falésias do mar. Local muito bonito e cheio de mística.

Fotografias da Quinta de Laugarbrekka

Navio de Metal mais antigo da Islândia

Navio de Metal mais antigo da Garðar BA 64 Islândia Navio de Metal mais antigo da Garðar BA 64 Islândia Navio de Metal mais antigo da Garðar BA 64 Islândia

O Garðar BA 64 é um navio de construção norueguesa. Este navio construído em 1912 deu à costa da Islândia em 1981, sendo assim então o navio de metal mais antigo na Islândia. Está localizado na estrada para Látrabjarg onde há os papagaios do mar. É impressionante ver este navio mesmo ao lado da estrada, já que as águas do Patreksfjörður entra pela terra a dentro.

Fotografias do Navio de Metal mais antigo da Islândia

Quinta de Litlibær

Quinta de Litlibær Islândia Quinta de Litlibær Islândia Quinta de Litlibær Islândia

A Quinta de Litlibær foi construída em 1895 e consiste numa casa de 4×7.5 metros, rodeada por um terreno de feno de 3 hectares. Esta quinta fica dentro do Skötufjördur na estrada depois de Ísafjörður seguindo Este. Não há nada de mais que uma casa de mandeira e pedra, com uma outra construção redonda em pedra para guardar gado. É interessante por está ali sozinha, no meio do nada, local onde viviam 20 pessoas até meados de 1969.

Fotografias da Quinta de Litlibær

Museu da Feitiçaria e Bruxaria em Hólmavík

Museu da Feitiçaria e Bruxaria em Hólmavík Islândia Museu da Feitiçaria e Bruxaria em Hólmavík Islândia Museu da Feitiçaria e Bruxaria em Hólmavík Islândia

Misteriosamente na cidade de Hólmavík no Norte da Islândia há um museu da bruxaria e feitiçaria. Hólmavík é uma pequena vila com cerca de 400 habitantes na estrada que liga Ísafjörður a Hvammstangi. Este museu abriu em 2000 e mostra várias colecções de objectos de culto à feitiçaria, e mostrando como a zona da Baía de Húnflói e a região de Strandir tem uma forte tradição do oculto. O museu custa 700 kr. e só abre de 1 de Junho a 15 de Setembro (fora desta altura é possível visitar mas falta contactar o museu para marcar o dia e hora) Visite a página de Internet do Museu aqui: Museu Islândia.

Fotografias do Museu da Feitiçaria e Bruxaria em Hólmavík

Monumento aos primeiros missionários cristãos da Islândia

Monumento aos primeiros missionários cristãos na Islândia Monumento aos primeiros missionários cristãos na Islândia Monumento aos primeiros missionários cristãos na Islândia

No entroncamento da estrada N1 direcção a Blönduós, e a N724 está uma pedra em memoria a Thorvaldur (Þorvaldur), e a Friedrich “O Bispo” grandes viajantes e o primeiros missionários cristãos islandeses. Friedrich o Bispo era o líder e conseguiram ficar na Islândia durante 5 anos. A implantação da religião cristã na Islândia deu-se 15 anos após a sua partida de HúnaÞing. Estamos a falar de épocas do século XI. Não é nada mais que uma pedra, mas parece ser um marco interessante de passagem.

Gásir – Entreposto Comercial Medieval

Gásir Entreposto Comercial Medieval Islândia Gásir Entreposto Comercial Medieval Islândia Gásir Entreposto Comercial Medieval Islândia

Gásir fica a 11 km a Noroeste de Akureyri, sainda da estrada principal em Hlíðarbær e guiando 7km em pista até ao recinto. Gásir foi o mais importante entreposto comercial medieval do Norte de Islândia. Pode-se ver no local, uma recriação do acampamento e de como seria na época. Durante os meses de Verão há uma série de actividades, caminhadas e uma feira medieval para recriar os tempos medievais.

Fotografias de Gásir

Igreja de Reykjahlid

Igreja de Reykjahlid, Igreja rodeada de lava em Reykjahlid Lago Myvatn Islândia Igreja de Reykjahlid, Igreja rodeada de lava em Reykjahlid Lago Myvatn Islândia Igreja de Reykjahlid, Igreja rodeada de lava em Reykjahlid Lago Myvatn Islândia

Reykjahlid é uma aldeia à beira do Lago Myvatn no nordeste da Islândia. Esta pequena povoação tem como paisagem diária enormes blocos de lava seca presentes desde as grandes erupções de 1724 a 1729. Por incrível que pareça, a lava escorreu por todo o lado mas rodeou a igreja sem sequer entrar e danificar que o edifício quer o cemitério anexo. Incrível.

As grandes erupções recentes da zona do Lake Myvatn começaram em 1724 que depois de uma grande explosão criaram a cratera Viti (O Inferno). Uma série de terramotos e erupções deram-se nos anos seguintes por toda a região do Monte Krafa. A maior erupção foi em 1729 quando um enorme rio de lava escorreu desde o Monte Leirhnjukur por imensos kms até ao Lago Myvatn.

Durante essa grande erupção a aldeia de Reykjahlid foi destruída menos a igreja que incrivelmente foi rodeada ficando salva e intocável. Durante um período de 250 anos não houve mais nenhuma actividade sísmica na região até que entre 1975 até 1984 o Monte Kafla deu novas de si com algumas erupções e fogos.

Toda esta zona pode-se visitar, mesmo perto do Monte Kafla pode-se fazer caminhadas pelo grande rio de lava seco e caminhadas por zonas onde ainda hoje deitam fumo e onde se pode ver lava ainda por secar.

Fotografias da Igreja de Reykjahlid

Rochas Reynisdrangar na Praia de Vík í Mýrdal

Reynisdrangar na Praia de Vík í Mýrdal Islândia Reynisdrangar na Praia de Vík í Mýrdal Islândia Reynisdrangar na Praia de Vík í Mýrdal Islândia

Reynisdrangar são o nome de umas rochas com forma peculiar na praia de Vík í Mýrdal no sudeste da Islândia à beira do glaciar Mýrdalsjökull – Vík é uma aldeia com cerca de 300 habitantes a 180km a Leste da capital Reykjavik.

A forma destas pedras de basalto negro são estranhas, lembrando barcos em ruínas, e, conta a lenda que são trolls encurralados por não se terem abrigado da luz do diz, e, ali ficaram para sempre transformados em pedra. Os trolls são criaturas do folclore escandinavo com formas antropomórficas. Estas criaturas vivem em cavernas ou grutas subterrâneas onde se protegem da luz do dia para não serem transformadas em pedra.

Fotografias das Rochas Reynisdrangar na Praia de Vík

Ilha de Flatey na Baía de Breiðafjörður

Ilha de Flatey em Breiðafjörður Islândia Ilha de Flatey em Breiðafjörður Islândia Ilha de Flatey em Breiðafjörður Islândia

Encontrei esta ilha por acaso, enquanto fazia o percurso desde Stykkishólmur até Brjánslaekur em ferry-boat. Para minha surpresa o barco onde ia, parou para deixar mantimentos aos poucos habitantes da maior ilha da costa da islândia, com cerca de 1km de largura e 2km de comprimento. A Ilha de Flatey fica na Baía de Breiðafjörður. É possível pernoitar nesta ilha, mas eu segui viagem.

Fotografias da Ilha de Flatey na Baía de Breiðafjörður

Igreja de Saurbæjarkirkja

Igreja de Saurbæjarkirkja Islândia Igreja de Saurbæjarkirkja Islândia Igreja de Saurbæjarkirkja Islândia

Esta igreja fica localizada numa estrada secundária a cerca de 26 km a Sul de Akureyri. É uma das poucas igrejas existentes no país ainda feita no material milenar chamado de turfa, um composto vegetal de mistura de vários materiais tais como musgo, terra, folhas e bocados de madeira tudo parcialmente decomposto e moldado em forma de pequenos tijolos. Este material é um excelente isolante do frio. A igreja foi construída em 1858 e encontra-se em óptimo estado de conservação. Este tipo de construção é muito interessante já que todo o edifício é coberto por relva.

Fotografias da Igreja de Saurbæjarkirkja

Mapa dos Mistérios e Locais Escondidos na Islândia

Pode navegar neste mapa com o cursor do lado esquerdo fazer zoom, puxar para os lados e escolher o modo em que quer visualizar o mapa: Terreno, Mapa ou Satélite (botões do lado direito).

Procura um Hotel em Reykjavik? Hotéis em Reykjavik

João Leitão VIAGENS no Instagram

Instagram Joao Leitao