Visitar Suzdal Rússia • Guia de Viagem

Visitar Suzdal Rússia
Visitar Suzdal Rússia

Suzdal é um dos locais mais importantes do chamado Anel de Ouro, composto por uma série de cidades históricas russas que se concentram numa área relativamente reduzida.

As pessoas chamam-lhe “a alma e coração do Anel de Ouro” ou “Museu Vivo”, o que não surpreende, considerando que no seu compacto espaço se encontram mais de 200 monumentos classificados.

Suzdal Rússia
Suzdal Rússia

Suzdal surgiu pela primeira vez referida num documento em 1024, atingindo o seu apogeu em meados do século XI, quando se tornou a capital do Principado de Rostov-Suzdal sob a orientação de Yuri Dolgoruky.

Depois vieram as invasões mongóis e Suzdal nunca mais alcançou a anterior grandiosidade. Seguidamente integrou-se no Principado de Moscovo.

Visitar a Rússia e não passar por Suzdal, é deixar para trás um destino importante que vale a pena conhecer.

Turismo em Suzdal

Turismo em Suzdal
Turismo em Suzdal

Ao longo dos tempos sofreu diversas provações: só no século XVII foi duas vezes atacada pelos polacos, os Tártaros vieram também, em 1644 deu-se um terrível incêndio e dez anos mais tarde a peste arrasou a população.

Há quem diga que a preservação do charme dos velhos tempos se deve ao falhanço dos mercadores da cidade que em 1864 não conseguiram que a linha do Transiberiano por ali passasse e deixando o progresso passar ao largo.

Hoje em dia é uma pequena cidade, não contando com mais de dez mil habitantes, mas é a grande estrela do circuito turístico do Anel de Ouro.

Dicas rápidas para Suzdal

  • Acorde cedo e seja o primeiro a entrar nos monumentos, museus ou outros locais de interesse
  • Faça uma free walking tour
  • Tenha cuidado com os seus pertences
  • Visite os mosteiros durante as horas da reza
  • No século XVII houve uma espécie de renascimento da cidade, e muitos dos bonitos edifícios que hoje podemos ali ver datam dessa época. Explore o mais que consiga.

Qual é a melhor época para ir a Suzdal

Qual é a melhor época para ir a Suzdal
Qual é a melhor época para ir a Suzdal

Para saber quando ir a Suzdal você precisa de se informar um pouco melhor acerca das suas estações e clima.

A melhor altura para visitar Suzdal é entre os meses de Abril e Outubro, uma vez que apresentam temperaturas excelentes para fazer turismo na Rússia.

Temperatura em Suzdal agora

Previsão do tempo em Suzdal na Rússia.

SUZDAL Temperatura

Vídeo com imagens aéreas de Suzdal

Vídeo muito bom para podermos ver as diferentes partes turísticas desta cidade.

Distâncias de Suzdal

  • Suzdal está a 220 km Noroeste de Moscovo
  • Suzdal está a 26 km Norte de Vladimir
  • Suzdal está a 70 km Sul de Ivanovo.
  • Suzdal está a 175 km Sul de Kostroma.
  • Suzdal está a 175 km Sudeste de Yaroslav.

Pontos Turísticos de Suzdal

  1. Kremlin de Suzdal
  2. Mosteiro Vasilievsky
  3. Igreja de São Cosmos e São Damião
  4. Arcada Comercial
  5. Mosteiro Spaso-Yevfimiev
  6. Museu de Arquitectura de Madeira e Vida Camponesa
  7. Catedral da Natividade da Virgem Maria
  8. Memorial às Vítimas da Segunda Guerra Mundial
  9. Casa Antiga de Suzdal
  10. Aposentos do Bispo de Suzdal
  11. Mosteiro da Deposição
  12. Mosteiro de São Basílio
  13. Igreja de São Nicolau
  14. Estátua de Lenine
  15. Monumento ao Príncipe Dmitri Pozharsky
  16. Igreja da Assunção da Mãe de Deus
  17. Convento da Santa Intercessão
  18. Convento Pokrovsky

O que visitar em Suzdal Rússia

O que visitar em Suzdal
O que visitar em Suzdal

Suzdal na Rússia tem imenso para ver, por isso é conveniente organizar um pouco a sua visita para conseguir ver o máximo possível, de forma mais organizada, contribuindo assim para usufruir de umas férias mais proveitosas.

1. Kremlin de Suzdal

O Kremlin de Suzdal é a parte mais antiga da cidade, localizando-se numa curva do rio Kamenka. Apesar de não haver muito em seu redor quando foi construído, no século X, hoje encontra-se no centro da cidade, na rua Kremlyovskaya. Nos séculos XI e XII foram construídas muralhas de adobe, reforçadas por paliçadas de madeira e torres defensivas. Já por essa altura se localizavam no seu interior os aposentos do príncipe e do bispo. No século XVII as defesas do kremlin foram reforçadas, com novas muralhas e torres feitas de pinho. Tudo isto desapareceu contudo no grande incêndio de 1719, apenas sobrevivendo os elementos de adobe. A Catedral da Natividade da Virgem Maria e a Igreja de São Nicolau fazem parte do kremlin, assim como os aposentos do bispo, que hoje se encontram transformados num espaço museológico.

2. Mosteiro Vasilievsky

Chegado à cidade de autocarro, este será o primeiro lugar de interesse que o viajante encontrará ao caminhar para o centro. Fica localizado na rua Vasilievskaya e, quando foi fundado, no século XIII, as imediações seriam certamente diferentes. Durante o reinado da Czarina Catarina a Grande o Mosteiro Vasilievsky perdeu importância e passou a estar dependente do Convento Rizopolozhensky e, mais tarde, do Mosteiro Spaso-Yevfimiev. Em 1923, na sequência da Revolução Russa, o mosteiro foi encerrado pelos Soviéticos e apenas em 1993 voltou a abrir. No mosteiro destaca-se a Catedral de São Basílio o Grande, com a sua esbelta torre sineira, construída entre 1662 e 1669, e a Igreja do Encontro com o Senhor e os Portões Sagrados, ambos datados de finais do século XVIII.

3. Igreja de São Cosmos e São Damião

Esta simpática igreja, de pequenas dimensões, foi construída em 1725 e encontra-se localizada na margem esquerda do rio, no topo de uma colina que dá pelo nome de Yarunova. Foi erigida ali para substituir um outro templo, mais antigo, construído em madeira. A sua planta é assimétrica, destacando-se a torre sineira, do lado ocidental, enquanto que no lado oposto existe uma pequena capela. No centro da estrutura ergue-se uma esguia cúpula de cor verde.

4. Arcada Comercial

Este espaço comercial é mais antigo do que possa parecer. Foi construído entre 1806 e 1811, entre a margem do rio e a praça que hoje se chama de Torgovaya Ploschad, algo que se traduz como Praça do Comércio. As fileiras de espaços comerciais foram construídos em estilo Imperial, com colunas e um imponente portão central. Com o tempo as coisas mudaram e os mercadores tradicionais desapareceram deste espaço, que actualmente se encontra ocupado por uma série de lojas e cafés independentes. É um espaço bastante turístico, ideal para comprar umas recordações de Suzdal.

5. Mosteiro Spaso-Yevfimiev

O Mosteiro Spaso-Yevfimiev é de tal forma grandioso que um visitante desprevenido pode facilmente tomá-lo pelo Kremlin. A confusão deve-se em grande parte às muralhas que o circundam, dando-lhe a aparência de uma fortaleza. Este mosteiro foi criado em 1352 pelo príncipe Boris Konstantinovich, precisamente como uma fortaleza. Enquanto mosteiro, teve primeiro o nome de Spassky, mudando mais tarde a sua designação, em honra de São Euthymius de Suzdal, enviado para aqui pelo príncipe para iniciar a obra monástica. Como sucedeu a todos os mosteiros russos, também este foi encerrado após a Revolução Soviética, e por um breve período de tempo foi usado como prisão política. Em 1968 transitou para a hierarquia dos museus da cidade. Em 1992 foi incluído na lista de monumentos de Suzdal que no seu conjunto é considerado Património Mundial da Humanidade pela UNESCO. Pode ser visitado, encerrando às Segundas-feiras.

6. Catedral da Natividade da Virgem Maria

Esta Catedral está integrada no Kremlin de Suzdal, tendo as suas cinco cúpulas azuis decoradas com estrelas douradas um enorme impacto visual. Foi construída entre 1222 e 1225, tendo vindo substituir um templo mais antigo, erigido no século XI a mando de Vladimir Monomakh. Apenas a secção mais baixa, ricamente ornamentada com talha na pedra, é original. O resto da estrutura, de tijolo, data do XVI. No interior a decoração é impressionante, destacando-se os frescos dos séculos XIII e XVII e as portas a oeste a sul, do século XIII, feitas de cobre e ouro. A Catedral faz parte do conjunto de imóveis de Suzdal que estão integrados na classificação de Património Mundial da Humanidade da UNESCO. A igreja é hoje um espaço usado como museu, apesar de a Igreja a usar pontualmente.

7. Memorial às Vitimas da Segunda Guerra Mundial

O visitante de Suzdal encontrará este dramático monumento junto à esquina entre as ruas Lenina e Vasilievskaya, num pequeno parque chamado Gorodskoy Sver, que se traduz como “Jardins da Cidade”. O monumento é dedicado aos militares oriundos de Suzdal que perderam a vida durante a Segunda Guerra Mundial ou, como eles lhes chamam na Rússia, na Grande Guerra Patriótica. O monumento foi inaugurado mais de 40 anos após o fim desse conflito armado, em 1986, sendo constituído por arcos brancos que formam como que um cubo. Existe uma chama eterna e uma lista de todos os soldados falecidos. Ali perto existe um outro monumento dedicado aos filhos de Suzdam que morreram na sequência do acidente nuclear de Chernobyl.

8. Casa Antiga de Suzdal

Em Suzdal existe uma pequena casa, muito antiga e bem preservada, que é um excelente exemplo de uma habitação urbana medieval. Localiza-se no actual número 148 da rua Lenina e é a única do seu género que sobrevive na cidade, sendo também uma das poucas sobreviventes a nível nacional. Acredita-se que no passado tenha sido usada como padaria ou como taverna. Por volta de 1970 a casa foi restaurada e o seu aspecto interior e exterior foi restabelecido. Pode agora ser visitada, funcionando como um museu, existindo no seu interior uma exposição sobre a História da Suzdal.

9. Aposentos do Bispo de Suzdal

Os Aposentos do Bispo de Suzdal encontram-se no Kremlin da cidade. Trata-se do núcleo arquitectónico central, criado originalmente para receber o Bispo. Esta parte do Kremlin foi construída gradualmente, entre os séculos XV e XVIII, e inclui uma igreja privada para uso do Bispo. Hoje em dia o espaço é um museu e o visitante, para além de poder observar o fausto dos alojamentos, pode deliciar-se com uma série de exposições que cobrem temáticas como a História de Suzdal, a Pintura Russa Arcaica e mesmo uma exposição histórica especialmente desenhada para as crianças.

Tours em Suzdal

Organize a sua viagem com antecedência. Veja o que está disponível online para reservar antes de ir de viagem.

Museus em Suzdal Rússia

1. Museu de Arquitectura de Madeira e Vida Camponesa

Este museu ao ar livre integra-se na categoria de museus etnográficos, recriando um universo que nos leva até à Rússia profunda, rural. Encontra-se aqui um pouco de tudo.

Cabanas de madeira, moinhos de vento, celeiros, um par de igrejas de meados do século XVIII e muitas ferramentas e alfaias agrícolas.

Tudo isto foi transportado, peça por peça, de diferentes partes do país e montado de novo pelo pessoal do museu. Podem-se ver aqui artesãos a trabalhar e adquirir alguns dos seus produtos.

Mapa de Monumentos em Suzdal

Mapa Suzdal Russia
Mapa Suzdal Russia, Foto ©: www.guia-moscu.com

Celebrações e Feriados em Suzdal

  • 1 de Janeiro – Dia de Ano Novo
  • 7 de Janeiro – Natal Ortodoxo
  • 23 de Fevereiro – Dia do Defensor da Pátria
  • 8 de Março – Dia da Mulher
  • 1 de Maio- Dia do Trabalhador
  • 9 de Maio – Festa da Grande Vitória na Guerra Patriótica
  • 12 de Junho – Dia da Rússia
  • 4 de Novembro – Festa da Unidade Nacional

Roteiros em Suzdal

Algumas ideias de roteiros para você preparar as suas férias em Suzdal de maneira independente.

Roteiros em Suzdal
Roteiros em Suzdal

Itinerários de turismo em Suzdal na Rússia.

1 Dia em Suzdal: passo-a-passo

  • Manhã: Brevemente…
  • Tarde: Brevemente…

2 Dias em Suzdal: passo-a-passo

  • Dia 1 Manhã: Brevemente…
  • Dia 1 Tarde: Brevemente…
  • Dia 2 Manhã: Brevemente…
  • Dia 2 Tarde: Brevemente…

Procura um Hotel em Suzdal?
Hotéis em Suzdal

João Leitão VIAGENS no Instagram

Instagram Joao Leitao